Postagens

Mostrando postagens de 2015

Com lei que proíbe Uber, taxistas aumentam vitórias na gestão Haddad

Imagem
Márcio Pinho G1 São Paulo  Com a sanção da lei que proíbe o uso do aplicativo Uber em São Paulo, os 33 mil taxistas da capital conquistaram na última quinta-feira (8) mais uma vitória nos últimos anos. Boa parte delas foram em questões envolvendo diretamente a Prefeitura de São Paulo, como a permissão para trafegar na faixa exclusiva de ônibus. Para lutar contra o aplicativo, parte da categoria se mobilizou e fechou as ruas em volta da Câmara de São Paulo em setembro para a votação do projeto que proíbe aplicativo e fechou o viaduto do Chá na quinta para o anúncio do prefeito Fernando Haddad sobre a sanção ou veto à lei. Houve até quem tentasse invadir o prédio da Prefeitura de São Paulo.

Sorteio de Alvarás para táxi preto

Imagem
*Carlos Laia 
Nessa quinta-feira (08/10) o Prefeito Fernando Haddad (PT) sancionou o projeto de lei 349/2014 criando assim a lei 16.279 que proíbe os aplicativos de utilizarem carros particulares no transporte de passageiros. Na mesma ocasião criou através do decreto 56.489 a categoria do táxi executivo - táxi preto - que atenderá somente através de aplicativos, esses carros deverá ser preto, quatro portas e de até sete lugares, ter taxímetro. Poderá também se utilizar de métodos tecnológicos para medir o valor da corrida , desde que homologados pelo pode público.

Haddad sanciona lei que proíbe Uber

Imagem
O prefeito Fernando Haddad sancionou a lei que proíbe o aplicativo Uber, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira (8). Além disso, uma nova categoria será lançada na cidade: o táxi preto.                                       Por Nicolas Iory- iG São Paulo

O anúncio foi feito, primeiramente, pelo secretário Rodrigo Pirajá, da São Paulo Negócios. Já o prefeito falou sobre a possibilidade de uma liminar da Justiça ser expedida em favor do Uber. "Cabe ao Estado a regulamentação sobre esse serviço. Esse é o nosso entendimento e levaremos até o Supremo Tribunal Federal se for preciso. Não vamos deixar a clandestinidade tomar conta de São Paulo", afirmou. Outros aplicativos como o 99Taxis e o EasyTaxi poderão ser usados normalmente, pois o usuário pode solicitar um táxi de outra maneira sem ser pelo celular, como pelo ponto ou mesmo na rua, diferente do Uber.  Com relação à nova categoria, serão cinco mil alvarás num primeiro momento, que serão divididos: 50% serão reservados para o…

Licenciamento obrigatório 2015

Imagem
Valor de R$ 72,25 deve ser pago na rede bancária credenciada. Quem preferir pode receber o documento pelos Correios, pagando a taxa de R$ 11 para a entrega

Proprietários de veículos com placas de final 8 e caminhões com finais 3, 4 e 5 devem realizar o licenciamento obrigatório do exercício 2015 durante o mês de outubro. Isso significa que no dia 1º de novembro esses veículos estarão em situação irregular caso circulem sem o licenciamento 2015.

Prefeito Fernando Haddad vai regulamentar UBER

Imagem
Em 9 de setembro, houve a segunda votação do projeto de lei que proíbe o uso do aplicativo Uber que uiliza de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado. 

O projeto de lei, porém, foi aprovado com uma emenda apresentada pela liderança do governo na Câmara. Na prática, essa emenda abre uma brecha legal para a regulamentação deste tipo de aplicativo: ela exige que a Prefeitura promova estudos para aprimorar a legislação de transporte individual de passageiros e a compatibilização de novos serviços e tecnologias. Além disso, determina que o usuário tenha uma ferramenta de avaliação dos motoristas, do veículo e da qualidade geral do serviço prestado.

Haddad acrescentou que ainda não definiu as regras que irão nortear o uso do aplicativo. “Não vai proibir, mas ele vai regular. Só sobre determinadas condições ele vai ser aceito.” Ele afirmou, porém, que elas serão anunciadas num prazo máximo de dez dias.

Natalicio Bezerra Silva, presidente do Sindicato dos Taxi…

A polemica UBER

Só lei federal pode regulamentar ou proibir o Uber

Imagem
Não somos contra a tecnologia, mas sim contra o transporte ilegal que essa tecnologia favorece 

A ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Fátima Nancy Andrighi, afirmou que só uma lei federal pode proibir o Uber, durante o 2º Congresso Brasileiro de Internet, realizado nesta quinta-feira (24), em Brasília. Segundo ela, as recentes decisões de governos estaduais para regulamentar ou proibir a atuação do aplicativo de transporte Uber não deverão durar, caso pedidos de contestação cheguem ao Supremo Tribunal Federal.
O STF, na avaliação da ministra, deverá vetar essas decisões por serem inconstitucionais. Segundo o Artigo 30 da Carta, compete aos municípios organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, serviços públicos de interesse local, incluindo o transporte coletivo.

Táxis em SP terão suporte para bicicleta

Imagem
Ao menos mil táxis de São Paulo passarão a rodar, a partir desta sexta-feira, 25, com suporte para transportar bicicletas acoplados aos veículos. Os rack serão instalados gradativamente até atingir esse total. A ideia é que o ciclista que quiser poderá chamar o táxi para completar parte de sua viagem pela cidade. A iniciativa é de uma das empresas de aplicativos de táxi da cidade, a 99Taxis, que está pagando a instalação dos suportes, até agora restritos apenas a veículos que usam o aplicativo. Dos 35 mil táxis da capital paulista, 28 mil têm o programa para celular, segundo a empresa.

Vivendo e aprendendo

Imagem
*Vivendo e aprendendo  Por Carlos Laia A vida é um constante aprendizado, desde que estejamos dispostos a aprender. Outro dia em uma conversa com amigos taxistas pelo Whatsapp,  um comentário sobre as empresas de táxi da cidade de São Paulo que para alguns soou como uma critica.
Não vou entrar no mérito do comentário - se estava correto ou não - o que quero dizer aqui é que a partir desse comentário tive a oportunidade de rever minha opinião - até então distorcida - sobre as empresas de táxi que até então para mim eram todas iguais. O meu “julgamento” era com base no valor da diária cobrada sem conhecer a estrutura e as condições que as boas frotas oferecem para os taxistas. Na primeira semana de setembro fui a algumas empresas deixar o jornal o jornal do SIMTETAXI-SP e tive o primeiro contato com algumas empresas, Rocha, Seripa e Belém, só o fato de entrar no pátio e ver aquela fila de carros novos estacionados e outros sendo feito a manutenção preventiva já deu uma visão de que se…

A importância do Conselho de Profissionais

Imagem
Conselho Regional dos Taxistas  Assim, a existência dos Conselhos de Fiscalização das Atividades Profissionais está intrinsecamente ligada à proteção da coletividade contra os leigos inabilitados como também dos habilitados sem ética, o que é feito pela fiscalização técnica, em conformidade com os regulamentos determinados por Lei. Para atender a esse interesse da sociedade, os conselhos cobram de seus profissionais um tributo, também conhecido por anuidade profissional. Diferentemente de qualquer outro sistema brasileiro, quem define as regras de cada profissão são os próprios profissionais, não havendo qualquer ingerência governamental nesse aspecto. Afinal, ninguém melhor do que os próprios profissionais para saber de sua profissão. A Lei prevê regras democráticas para a escolha desses profissionais, já que os conselheiros são eleitos pela própria classe.

Uber defende criminosos

Imagem
A presidente Dilma Rousseff admitiu que o aplicativo Uber está tirando o emprego dos taxistas legalizados.
“Eu acho que o Uber é complexo porque tira emprego de muitas pessoas. Não é uma coisa tranqüila. Depende também da regulamentação de cada cidade, de cada estado. Não é a União que decide isso. Ele (Uber) tira os taxistas do seu emprego”, disse Dilma.
A Câmara dos Deputados realizou uma audiência pública sobre o Uber em 18 de junho, mas até o momento nenhuma medida concreta foi tomada. A cidade do Rio de Janeiro estabeleceu multa de R$ 1360,29 para condutores de veículos que explorarem o transporte de passageiros sem autorização do município. No Distrito Federal o governador Rodrigo Rollemberg vetou um projeto de lei que proibia o app, e criou uma comissão para avaliar o caso.Em São Paulo tramitam na Câmara dos Vereadores projetos a favor e contra o aplicativo.
Nos EUA Uber é acusada de manter motoristas com antecedentes criminais
Promotores das cidades americanas de San Francisco…

Extintor em carro deixou de ser obrigatório

Imagem
Extintor em carro deixou de ser obrigatório Desde o fim de 2014, novo tipo de extintor sumiu de lojas e preço subiu.
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decidiu em reunião nesta quinta-feira que o  uso do extintor de incêndio em carros, caminhonetes, camionetas e triciclos de cabine fechadas, será opcional, ou seja, a falta do equipamento não mais será considerada infração nem resultará em multa. A entidade justifica que os carros atuais possuem tecnologia com maior segurança contra incêndio e, além disso, o despreparo para o uso do extintor poderia causar mais perigo para os motoristas.
O fim da obrigatoriedade do extintor para carros começará a valer a partir da publicação da resolução, o que deverá ocorrer nos próximos dias, diz o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Desde 1970, rodar com veículos sem o equipamento ou com ele vencido ou inadequado é considerado infração grave, com multa de R$ 127,69 e mais 5 pontos na carteira de motorista.
A exigência da troca começ…

Haddad indica que deve sancionar lei que proíbe o uso do Uber

Imagem
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse ontem (10) que o Projeto de Lei 349/2014, que proíbe o transporte particular  remunerado via aplicativos, como o Uber, aprovado pela Câmara Municipal na quarta-feira (9), está em sintonia "com o que pensa a administração", o que indica que deverá sancionar. A Câmara tem prazo de dez dias para encaminhar o PL ao Executivo, que terá até 15 dias para decidir por sanção ou veto.

Uma tentativa frustrada

Imagem
A declaração do Vereador Ricardo Young (PPS-SP) afirmando que não iria votar na segunda votação do PL 349/2014, em 09 de setembro, não votará pela aprovação o que causou surpresa a categoria dos taxistas que via no Vereador um defensor da classe, mais ainda quando Ele no retorno do recesso pediu que fossem realizadas mais quatro audiências públicas para debater a legalização do aplicativo UBER. Sem apoio necessário conseguiu emplacar apenas uma que no fim das contas foi um tiro no pé. 



Unidos vencemos a UBER

Imagem
Nessa quarta-feira (09/09) a Câmara de Vereadores os taxistas de São Paulo impuseram uma grande derrota ao transporte clandestino com a aprovação do PL 349/2014 de autoria do Vereador Adilson Amadeu (PTB-SP).
Com uma votação expressiva de 43 votos o projeto vai agora para a assinatura do Prefeito Fernando Haddad e quando sancionado proibirá as plataformas de chamadas de táxi, os chamados "aplicativos", de utilizarem carros particulares no transporte remunerado individual de passageiros, serviço que segundo a Lei 12468/2011 sancionada pela Presidenta Dilma Rousseff  é exclusivo dos taxistas.
Cabe agora ao prefeito atender as reivindicações da categoria e sancionar essa lei que fechará a brecha jurídica que existe na legislação, que até então não previa o uso da tecnologia no serviço de táxi.
Para os taxistas, quando efetivamente o PL 349/2014 se tornar lei dará mais condições a fiscalização de atuar no combate aos carros particulares, principalmente os que se utilizam de plataf…

O dia D - Taxistas na luta contra o transporte ilegal de passageiros

Imagem

9 DE SETEMBRO O NOSSO DIA D

Imagem

Dilma condena UBER

Imagem
A presidente Dilma Rousseff durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto (Foto: reprodução GloboNews)
A presidente Dilma Rousseff declarou nesta quarta-feira (2) que o Uber, aplicativo de transporte individual que gerou protestos de taxistas no país, é uma ferramenta complexa porque tira emprego dos profissionais que trabalham com táxis. Dilma citou o Uber ao falar a jornalistas sobre a reforma administrativa que o governo anunciou que irá promover.
A presidente citou os carros do governo e disse que o Executivo está utilizando um aplicativo similar ao Uber que permite uma gestão eficiente dos carros oficiais, o que exige menos veículos. "Um dos exemplos que se cita para explicar, mas não é igual ao Uber."

SIMTETAXI-SP cresce para Luta

Imagem
1
Em pleno crescimento o SIMTETAXI-SP - Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxi no Estado de São Paulo avança pelos municípios da grande São Paulo, depois de inaugurar uma subsede em Caieiras, agora foi a vez de Osasco. A subsede será o ponto de apoio para os taxistas de Osasco, Barueri e região.
Depois de uma carreata com cerca de quatrocentos taxistas na cidade de Osasco (julho – 2015) o presidente do SIMTETAXI-SP reuniu-se com os líderes locais da categoria e decidiu fundar ali uma subsede para melhor atender os taxistas da região. A primeira iniciativa do SIMTETAXI-SP na cidade de Osasco e Barueri foi estabelecer a Câmara Temática do Táxi para organizar o transporte de passageiros e combater a clandestinidade. Os Secretários de Transportes das duas cidades aceitaram a sugestão escolhendo em reunião os representantes da categoria.

Combatendo a ilegalidade

Imagem
A união das lideranças do setor e dos taxistas permitiram muitas conquistas nos últimos meses. Mas devemos ter a consciência, a cada minuto, do quanto é importante defender a categoria, combatendo as atividades clandestinas, que prejudicam toda a sociedade.
É muito importante nos qualificarmos, cada vez mais, para prestar esse serviço. Todos são taxistas, independentemente se são prepostos, se trabalham em frotas ou dirigem o seu próprio taxi, seja ele comum, especial ou luxo, com ou sem ponto. Todos têm a mesma missão: servir bem a seus clientes! 
Mas é fundamental que a sociedade nos apoie contra a ilegalidade. A comunicação é uma das ferramentas mais poderosas para defendermos o setor e conquistar esse apoio. Não faltam argumentações para defender o transporte de acordo com a lei e combater atividades clandestinas, que não são controladas e fiscalizadas e que propiciam insegurança à sociedade.

Taxista regulamentado, segurança e conforto

Imagem
Noticias veiculada nos últimos meses vem passando ao público em geral uma falsa imagem do taxista da cidade de São Paulo. A classe dos taxistas vem de uma tradição de mais de oitenta anos quando os primeiros motoristas de praça eram chamados de chofer.
Pelos serviços prestados o taxista é considerado pelos seus passageiros como uma pessoa de sua confiança. São muitos os casos em que a Ele é confiado seus filhos, pais idosos e até mesmo para a realização de trabalhos de entrega de documentos importantes que requer um profissional de confiança.

Eles, os dinossauros

Imagem
*Carlos Laia
No momento em que vemos a nossa profissão atacada pelos inimigos velados ou declarados precisamos nos unir para fazer frente a essas investidas. Ao contrário do que muitas das lideranças afirmam, não é a ação isolada de uma pessoa ou de um pequeno grupo que vai mudar a direção dos acontecimentos.


Um pequeno grupo coeso e atuante pode influenciar o seu meio, uma vez constituídos esses núcleos conseguiram leva-los até um certo ponto, porem somente conseguirá exito se esses grupos estiverem unidos a um corpo, ou seja, ao conjunto da categoria formando um todo com todos os membros funcionando harmonicamente. 

A UBER e sua ilegalidade

Imagem

Muita calma nessa hora

Imagem
*Carlos laia
Não podemos ficar a margem dos acontecimentos que mexe conosco no dia a dia e pode influenciar diretamente na nossa profissão, ter ou não ter partido político é decisão de cada um, porem ter uma opinião sobre os acontecimentos políticos e decisões políticas que pode nos afetar é obrigação de todos.
Para alcançar resultados para a categoria o dirigente sindical tem que fazer - além da política sindical – a política parlamentar, sem apoio de parlamentares comprometidos com a classe nada conseguiremos. Cabe ao dirigente ter o termômetro para medir os limites que deve se envolver na política para não desviar do seu objetivo.

Cobrar 50% sim ou não?

Imagem
*Carlos Laia

A cobrança do adicional de 50% nas corridas para outros municípios é – na minha visão – uma taxação ao passageiro que nada tem haver com a legislação municipal que nos impede de embarcar passageiro dentro de outro município. Justamente nesse momento que passamos por turbulências no serviço de táxi devido ao aumento do transporte ilegal o tema voltou a esquentar as rodas de conversa de taxistas.
Na cidade de São Paulo a ARTASP – Associação das Rádios Táxi do Estado de São Paulo comunicou que as rádios associadas não irão mais cobrar essa sobre taxa de seus passageiros, o que fez com que os demais taxistas pensem na situação.

Projeto estadual contra UBER avança na Assembleia Legislativa de SP

Imagem
Diante das manifestações realizadas por taxistas na capital contra o aplicativo Uber, o deputado Igor Soares (PTN) apresentou Projeto de Lei 439/2015 que resulta na proibição do Uber " aplicativo para celular, de origem americana, que disponibiliza carro de luxo com motoristas para corridas. 

A iniciativa trata da proibição de transporte remunerado de passageiros em veículos particulares, de até sete lugares, cadastrados e contratados a partir de aplicativos, como o Uber. Para o deputado, o Uber e outros aplicativos em funcionamento no Estado promovem o transporte remunerado sem alvará. 


"Este profissionais cadastrados no aplicativo não são cadastrados e nem autorizados pelo Estado e nem pelas prefeituras municipais para exercerem a função. Logo, estão trabalhando de forma ilegal e prejudicando a categoria dos taxistas, que recolhem os impostos previstos em lei", destacou Igor Soares. "É um concorrência desleal", acrescentou o deputado. 
Igor Soares defende que …

Taxistas obtém grande vitória contra o transporte clandestino

Imagem
Lei de autoria do vereador Adilson Amadeu que proíbe aplicativos de utilizarem carros particulares para transportar passageiros na cidade de São Paulo foi aprovada nesta tarde com uma votação esmagadora.  Dos cinquenta vereadores presentes no plenário, quarenta e oito votaram a favor e somente um contra.
Na tarde de ontem (29) o SIMTETAXI-SP foi surpreendido com a notícia de que a UBER estava fazendo uma campanha pela internet pedindo aos seus motoristas e usuários para pressionar os vereadores de São Paulo a votarem contra o projeto de lei 349/2014.
Ciente disso o vereador Adilson Amadeu conseguiu antecipar a votação para a tarde desta terça-feira, (30) os taxistas foram convocados pelo presidente do SIMTETAXI-SP, Ceará e centenas deles se dirigiram para o Viaduto Jacareí. Quando já não podiam mais subir para o plenário se concentraram de frente ao prédio da casa legislativa e acompanharam a votação. 
A aprovação dessa lei desfere um duro golpe no aplicativo UBER que atua na clande…

A UBER pode ser "legal" mas continuará sendo imoral

Imagem
#Carlos Laia
O Estado brasileiro precisa deixar de ser omisso
Na quinta-feira (18/07) o SIMTETAXI-SP e vários outros sindicatos e associações que representam os taxistas de todo Brasil, estiveram em Brasília para uma Audiência Pública na Câmara dos Deputados, audiência requerida pelo Deputado Paraná Alfredo Kaefer (PSDB) junto a Comissão de Aviação e Transportes para discutir a atuação da UBER no Brasil.

Entre os debatedores do assunto foi convidado a  InternetLab, empresa de pesquisa em direito e tecnologia. O Professor de Direito Econômico da Universidade São Judas, Pedro Paula, que falou em nome da empresa de pesquisa apresentou um estudo sobre a evolução e regulamentação do transporte público em São Paulo.

Deputado Kaefer defende taxistas durante debate sobre legalidade do aplicativo Uber

Imagem
Autor do requerimento de realização da audiência pública na Comissão de Viação e Transportes o deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR) defendeu a normatização e regulamentação do aplicativo de transporte Uber, que conecta motoristas e passageiros. 
Taxistas acusam o serviço de ser ilegal, por ainda não ter regulamentação e pela “concorrência desleal”. Kaefer concorda com os taxistas.“Osmotoristas de táxi afirmam que o serviço oferecido pelo aplicativo é ilegal porque é realizado sem atender às exigências legais e sem a aquisição da permissão municipal”, disse o tucano.
De acordo com o parlamentar, o tema tem gerado intenso debate jurídico e na sociedade e o aplicativo passa por cima do poder público.  “A lei 12.587/12, que estabelece caber ao poder público outorgar o direito à exploração da atividade”. O tucano apontou que cerca de 80 mil taxistas cadastrados no Departamento de Transporte Público estão sendo afetados.

SIMTETAXI-SP realizou assembleia em Caieiras

Imagem
Neste sábado (13/06) o SIMTETAXI-SP realizou na cidade de Caieiras (SP) uma Assembleia Geral Ordinária, a sessão que aconteceu na Câmara dos Vereadores foi presidida pelo presidente do SIMTETAXI-SP Antônio Matias, o Ceará. Em seguida foi realizada uma reunião de trabalho que contou com a presença do Vice-Prefeito Gersinho, Vereador Dr. Panelli, Diana Assessora do Diretor do COTRAN e o Assessor do Vereador Paulão.Assembleia em Caieiras

Na pauta estavam demandas antigas dos taxistas da cidade, mas que não tinham até então um canal com as autoridades municipais, a chegada do SIMTETAXI-SP abriu o diálogo com o poder executivo e legislativo que já aprovou uma lei municipal instituindo o dia 25 de julho como o dia do taxista na cidade.

De terno e gravata, taxista investe em serviço VIP para fidelizar clientes

Imagem
Em Curitiba, táxi toca música instrumental, e passageiro ganha lembrança. Atendimento de qualidade faz com que taxista ganhe até R$ 60 em gorjeta.




Um carro confortável, balas, revistas, música instrumental, limpeza impecável e um motorista em traje social. Quem entra no táxi de Cesar Bueno, de 61 anos, percebe imediatamente que a viagem terá um toque refinado – com direito a lembrança do final da corrida. Na profissão há 33 anos, ele decidiu investir na qualidade do atendimento para se diferenciar no mercado e assim fidelizar clientes.

A iniciativa, que deu o caráter VIP ao serviço, visava apenas cativar os passageiros, porém se demonstrou um mecanismo para aumentar a renda. “Eu tenho um gasto por mês de R$ 150, no máximo, com essas coisinhas. Por dia de trabalho, por eu trabalhar desta forma, eu ganho de R$ 50 a R$ 60 em gorjeta. Se eu não faço esse atendimento, eu não ganho esse dinheiro”, contou Bueno.

Oito motivos para sair de táxi no fim de semana

Imagem
Vai para a balada e está em dúvida entre o táxi e o carro?

Fim de semana combina com bar, balada, restaurante, amigos, paqueras e risadas que não acabam mais. Que tal deixar o carro em casa para aproveitar melhor todos esses momentos? O trânsito exige atenção total e têm dias que tudo o que a gente quer é relaxar e aproveitar a companhia – e por que não as bebidas?
Já que a mulher que dirige bonito está cansada de saber que direção e álcool não combinam (nem um golinho, viu?), separamos uma lista de bons motivos para você curtir o seu fim de semana com tranquilidade, responsabilidade e de táxi.

Franciasco, o Núncio e o Tirano

Imagem
Armando Valladares(*)


Em um dos mais significativos lances simbólicos da “ostpolitik” vaticana em favor do comunismo cubano, o pontífice Francisco recebeu o tirano Raúl Castro e, em meio a sorrisos e amabilidades mútuas, estreitou largamente suas mãos ensanguentadas, chegando a pedir ao líder comunista que rezasse por ele. É uma cena arrepiante e estarrecedora, diante de Deus e da História, marcará de maneira indelével o atual pontificado.

“Como já lhes disse aos dirigentes cubanos, eu leio todos os discursos do Papa e sobretudo os comentários que ele faz. E se o Papa segue falando assim, começarei a rezar e retornarei à Igreja. E não o digo em brincadeira (Página 12, Buenos Aires, 11/05/2015). Foram estas as frases pronunciadas pelo ditador que mais chamaram a atenção.

Deputada Renata Abreu quer proibir aplicativo que prejudica taxistas

Imagem
A deputada federal Renata Abreu protocolou projeto de lei para a proibição da prestação de transporte público individual remunerado que não atenda as características do veículo e do condutor exigidas pelas autoridades de Trânsito. O projeto objetiva proibir o uso de aplicativo do ‘carona paga’, que, sem cadastro, licença e regularmente credenciado em órgão públicos, já afetou 40% do mercado dos taxistas nas principais capitais do Brasil.

Um deles é o Uber, aplicativo lançado há cinco anos nos Estados Unidos e que chegou ao Brasil em maio de 2014. E, desde então, vem criando polêmica e protestos de taxistas. O mesmo aconteceu em Paris, Berlim, Londres e mais de 150 cidades de 42 países onde o aplicativo tem sido usado. O usuário se cadastra no aplicativo e informa dados de cartão de crédito ou de uma conta PayPal, as únicas formas de pagamento aceitas pelo serviço. Depois, diz onde está e pede um veículo.

SIMTETAXI-SP cria comissão "chega de Enrolação"

Imagem
Por Carlos Laia



Na quarta-feira (27/05) durante a Comissão de Transportes da Câmara Municipal de São Paulo, o vereador Ricardo Youang aconselhou os taxistas de frotas, segundo motorista e co-proprietarios a procurarem o sindicato que os representa para se organizarem. Assim fizeram cerca de cinquenta taxista que saíram direto da Câmara em direção ao SIMTETAXI-SP. Lá chegando pediram uma reunião com o presidente do Antônio Matias, o Ceará, que prontamente os receberam. 
Na conversa amistosa os taxistas expuseram ao presidente o impasse e o descaso com que o Departamento de Transportes Público trata a questão da necessidade de novos alvarás de táxi na cidade, por sua vez Ceará já conhecedor da situação relatou o teor da conversa que naquela manhã havia tido com o diretor do DTP, Daniel Teles, que se mostra irredutível ao dialogo.

O falso líder e a falça liderança

Imagem
Carlos Laia 
São inúmeras as considerações que podemos fazer a propósito da liderança de um grupo no campo prático.  



Uma vez determinado a razão da união de pessoas formando uma força de ideias, para que essas ideias se transformem em uma ação concreta temos de ter um grupo de pessoas com posições convergentes podendo vim a constituir uma entidade juridicamente reconhecida, ou podem também iniciar e encerrar suas atividades tendo a tingido seu objetivo, parcialmente ou na totalidade das suas metas.

Por uma necessidade da alma humana o homem tem a necessidade de ter um líder, um espelho que o guie pelo reflexo de sua ação e exemplos, seja pelo exemplo moral ou pela ação enérgica e apaixonado com a qual defende suas ideias e as passa para os demais. Principalmente quando essas ideias tem bases sólidas em princípios e valores que os fundamente.

"Estão invadindo o Brasil como os Estados Unidos invadiu o Iraque"

Imagem
Carlos Laia
Os taxistas estão em uma "guerra" contra a ilegalidade


O sindicato dos motorista de táxi no Estado de São Paulo, SIMTETAXI-SP, declarou guerra a UBER. Para o seu presidente, Antônio Matias, Ceara, a empresa americana esta invadindo o Brasil repetindo uma pratica já conhecida de todos e comum para os americanos, invadir os países para tirar vantagens financeiras.

O presidente do SIMTETAXI-SP juntamente com sua diretoria expediu oficio ao Departamento de Transportes Públicos solicitando fiscalização e acompanhou diversas diligências em casas noturnas na capital paulista que resultou na apreensão de vários carros da UBER que faziam transporte ilegal de passageiros.    

Outra iniciativa do sindicato foi uma ação na justiça que resultou em uma liminar que proibiu a UBER de operar em todo território nacional, infelizmente a juíza da 19ª Vara Cível da cidade de São Paulo derrubou a liminar sob o argumento de que o sindicato não representa a categoria, "se o sindic…

Uma taxista dedicada ao próximo

Imagem
Carlos Laia
A paranaense Ivanice Sales Motira esta a dois anos dirigindo um táxi acessível pelas ruas da capital paulista.



Uma taxista dedicada ao próximo
Maio é o mês das mães, por esse motivo O Condutaxi presta uma homenagem a todas as mães taxistas através da história de uma dedicada taxista que atua em um seguimento muito importante em nossa profissão, o táxi acessível que atende  pessoas com deficiência física.

Natural de Cruzeiro do Sul, (PR) Ivanice Sales Motira é casada e mãe de três filhos,  mora em São Paulo há vinte anos. Já foi vendedora de roupas para festas em um importante shoping da cidade, cabelereira e exerceu outras atividades como autônoma.

Prefeitura de São Paulo aponta irregularidades no UBER

Imagem
Por Brenno Grillo
Prefeitura de SP aponta irregularidades no modelo de negócio do Uber

O modelo de negócio utilizado pelo aplicativo de celular Uber — que conecta motoristas a usuários que procuram transporte — não apresenta emissão de notas fiscais, nem recolhimento de impostos sobre Serviço (ISS) ou sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). As informações são de um relatório elaborado pelo Departamento de Transportes Públicos (DPT) da Secretaria de Transportes da cidade de São Paulo ao qual a revista eletrônica Consultor Jurídico teve acesso.

O aplicativo pôde voltar a funcionar na última segunda-feira (4/5), após a juíza Fernanda Gomes Camacho, da 19ª Vara Cível de São Paulo, extinguir a medida cautelar solicitada pelo Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores das Empresas de Táxi do Estado de São Paulo (Simtetaxis). Na decisão, a juíza argumentou que a ação judicial deveria ter sido encaminhada pelo Ministério Público.

A luta contra o UBER continua

Imagem
Presidente Ceara declara "guerra" contra UBER

Discursos inflamados contra os taxistas

Imagem
* Alexandre Coslei  


No Rio de Janeiro, não é difícil ler matérias que dediquem discursos inflamados contra uma categoria de profissionais: os taxistas. Geralmente, são artigos tramados com ingredientes apimentados, onde fica translúcida a intenção de denegrir uma classe de trabalhadores castigados pela aridez de asfaltos mal conservados e que trabalham, em sua maioria, a média de 12 horas diárias. Por que uma jornada tão longa?

O taxista vive da produtividade e precisa compensar os longos períodos parados no trânsito de uma cidade que se transformou num imenso canteiro de obras. Como exemplo, cito Gilberto Scofield (no artigo “O universo paralelo dos táxis cariocas”), onde ele afirma que os companheiros taxistas interagem em animadas conversas e em almoços de quatro horas de duração. O colunista se refere a esses trabalhadores como se eles participassem de uma abastada elite corporativa. Em que país vive o sr. Scofield?

Projeto de lei do Deputado Igor Soares contra UBER

Imagem
Presidente do SIMTETAXI-SP Antonio Matias, Ceara, recebe visita do acessor do Deputado estadual Igor Soares e da deputada Federal Renata Abreu.

Na tarde desta segunda-feira (27/04) o presidente do SIMTETAXI-SP, Antonio Matias (Ceara) recebeu a visita de dois acessores parlamentar, do Deputado Estadual Igor Soares e da Deputada Federal Renata Abreu, ambos do PTN.
O contato do deputado estadual com o SIMTETAXI-SP aconteceu tendo em vista o projeto apresentado por este na Assembleia Legislativa, projeto que proibirá a operação do aplicativo UBER no Estado de São Paulo.

SIMTETAXI-SP derruba UBER na Justiça

Imagem
Por Ingrid Thomaz


Classe dos taxistas comparece em peso na Audiência Pública e ovaciona presidente do SIMTETAXI-SP por ter derrubado na justiça aplicativo UBER

Em audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira ( 29/04) na Câmara Municipal dos Vereadores da cidade de São Paulo em favor da legalidade no transporte remunerado de passageiros, mais de 400 taxistas comemoraram uma grande vitória para a classe: a proibição do aplicativo Uber.

Assédio sexual no táxi

Imagem
*Carlos Laia
Taxista conquistador é um mito, somos profissionais 
A tecnologia dos app tem sido uma importante ferramenta para o taxista, antes a rotina consistia em ficar "batendo lata" - com se diz no jargão do táxi - a procura do passageiro. Isso exigia um conhecimento detalhado dos locais e horários onde os passageiros estão concentrados, e para os passageiros ficava por horas a espera por um táxi sem a certeza de ele iria chegar.


Hoje tudo esta mudando, o taxista pode parar em qualquer rua dos bairros de classe média que não sai sem um passageiro, e o tempo de espera é muito reduzido em comparação com o que acontecia até recentemente. Mas, com a tecnologia e a comodidade que ela proporciona veio os incômodos.

Nos últimos meses os taxistas de todo Brasil tem levado ao conhecimento dos aplicativos de chamada de táxi um fato que vem se tornando uma rotina no dia a dia da categoria. O app toca e junto com o nome do passageiro vem o convite para o taxista fazer um progra…

Lideranças dos taxista reunem-se em São Paulo

Imagem
*Carlos Laia  "Juntos somos todos mais fortes"


Nesta quinta-feira (23/04) reuniram-se na cidade de Guarulhos (SP) as lideranças da categoria dos taxistas vindas de várias capitais e importantes cidades de todo Brasil  para avaliar o movimento nacional de combate ao transporte ilegal de passageiros. O encontro serviu também para que muitos se conhecessem pessoaslmente, o que foi muito interessante para trocar ideias e conhecer um pouco das peculariedades do serviço de táxi das respectivas cidades.
Estiveram presente vários sindicatos e associações bem como movimentos que lideram grupos e pontos de táxi. De São Paulo estavam a ABRACOMTAXI organizadora do encontro, SIMTETAXI-SP, ARTASP, SINDTAXI, SINDTAXIGUARULHOS, MOVITAXI e diversas cooperativas de rádio-táxi e importantes pontos de táxi da capital.

SIMTETAXI-SP nomeia sete novos diretores

Imagem
SIMTETAXI-SP inicia ações a nível estadual



Em reunião nesta segunda-feira (20/04) o presidente Antonio Matias, Ceará, deliberou nova composição de membros para a diretoria do SIMTETAXI-SP. Carlos Laia, Esaú, Cleverton Cesar, Luiz Aguiar, Laerte Aguiar, Davi Rodrigues e Eric Rodrigues.

O presidente comunicou a diretoria o inicio dos trabalhos de base em duas novas sub-sedes, Caieiras e Campinas. Para a sub-sede de Caieras foi nomeados os diretores Antonio Joaquim e Esaú. Em Campinas os trabalhos ficará a cargo de Everton Albuquerque (Guinho) e José Reginaldo Guedes. Já na baixada santista as ações terá a frente Cléverton César.

Os diretores Luiz Aguiar, Laerte Aguiar, Davi Rodrigues e Eric Rodrigues atuaram na grande São Paulo junto as rádio-táxi, cooperativas, associações de táxis e pontos de táxis. O presidente comunicou também que a partir de agora o diretor Carlos Laia será responsável pela área de assessoria e marketing.

Ceará fez um relato à diretoria das re…