Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

"Estão invadindo o Brasil como os Estados Unidos invadiu o Iraque"

Imagem
Carlos Laia
Os taxistas estão em uma "guerra" contra a ilegalidade


O sindicato dos motorista de táxi no Estado de São Paulo, SIMTETAXI-SP, declarou guerra a UBER. Para o seu presidente, Antônio Matias, Ceara, a empresa americana esta invadindo o Brasil repetindo uma pratica já conhecida de todos e comum para os americanos, invadir os países para tirar vantagens financeiras.

O presidente do SIMTETAXI-SP juntamente com sua diretoria expediu oficio ao Departamento de Transportes Públicos solicitando fiscalização e acompanhou diversas diligências em casas noturnas na capital paulista que resultou na apreensão de vários carros da UBER que faziam transporte ilegal de passageiros.    

Outra iniciativa do sindicato foi uma ação na justiça que resultou em uma liminar que proibiu a UBER de operar em todo território nacional, infelizmente a juíza da 19ª Vara Cível da cidade de São Paulo derrubou a liminar sob o argumento de que o sindicato não representa a categoria, "se o sindic…

Uma taxista dedicada ao próximo

Imagem
Carlos Laia
A paranaense Ivanice Sales Motira esta a dois anos dirigindo um táxi acessível pelas ruas da capital paulista.



Uma taxista dedicada ao próximo
Maio é o mês das mães, por esse motivo O Condutaxi presta uma homenagem a todas as mães taxistas através da história de uma dedicada taxista que atua em um seguimento muito importante em nossa profissão, o táxi acessível que atende  pessoas com deficiência física.

Natural de Cruzeiro do Sul, (PR) Ivanice Sales Motira é casada e mãe de três filhos,  mora em São Paulo há vinte anos. Já foi vendedora de roupas para festas em um importante shoping da cidade, cabelereira e exerceu outras atividades como autônoma.

Prefeitura de São Paulo aponta irregularidades no UBER

Imagem
Por Brenno Grillo
Prefeitura de SP aponta irregularidades no modelo de negócio do Uber

O modelo de negócio utilizado pelo aplicativo de celular Uber — que conecta motoristas a usuários que procuram transporte — não apresenta emissão de notas fiscais, nem recolhimento de impostos sobre Serviço (ISS) ou sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). As informações são de um relatório elaborado pelo Departamento de Transportes Públicos (DPT) da Secretaria de Transportes da cidade de São Paulo ao qual a revista eletrônica Consultor Jurídico teve acesso.

O aplicativo pôde voltar a funcionar na última segunda-feira (4/5), após a juíza Fernanda Gomes Camacho, da 19ª Vara Cível de São Paulo, extinguir a medida cautelar solicitada pelo Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores das Empresas de Táxi do Estado de São Paulo (Simtetaxis). Na decisão, a juíza argumentou que a ação judicial deveria ter sido encaminhada pelo Ministério Público.

A luta contra o UBER continua

Imagem
Presidente Ceara declara "guerra" contra UBER

Discursos inflamados contra os taxistas

Imagem
* Alexandre Coslei  


No Rio de Janeiro, não é difícil ler matérias que dediquem discursos inflamados contra uma categoria de profissionais: os taxistas. Geralmente, são artigos tramados com ingredientes apimentados, onde fica translúcida a intenção de denegrir uma classe de trabalhadores castigados pela aridez de asfaltos mal conservados e que trabalham, em sua maioria, a média de 12 horas diárias. Por que uma jornada tão longa?

O taxista vive da produtividade e precisa compensar os longos períodos parados no trânsito de uma cidade que se transformou num imenso canteiro de obras. Como exemplo, cito Gilberto Scofield (no artigo “O universo paralelo dos táxis cariocas”), onde ele afirma que os companheiros taxistas interagem em animadas conversas e em almoços de quatro horas de duração. O colunista se refere a esses trabalhadores como se eles participassem de uma abastada elite corporativa. Em que país vive o sr. Scofield?

Projeto de lei do Deputado Igor Soares contra UBER

Imagem
Presidente do SIMTETAXI-SP Antonio Matias, Ceara, recebe visita do acessor do Deputado estadual Igor Soares e da deputada Federal Renata Abreu.

Na tarde desta segunda-feira (27/04) o presidente do SIMTETAXI-SP, Antonio Matias (Ceara) recebeu a visita de dois acessores parlamentar, do Deputado Estadual Igor Soares e da Deputada Federal Renata Abreu, ambos do PTN.
O contato do deputado estadual com o SIMTETAXI-SP aconteceu tendo em vista o projeto apresentado por este na Assembleia Legislativa, projeto que proibirá a operação do aplicativo UBER no Estado de São Paulo.