Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Taxistas obtém grande vitória contra o transporte clandestino

Imagem
Lei de autoria do vereador Adilson Amadeu que proíbe aplicativos de utilizarem carros particulares para transportar passageiros na cidade de São Paulo foi aprovada nesta tarde com uma votação esmagadora.  Dos cinquenta vereadores presentes no plenário, quarenta e oito votaram a favor e somente um contra.
Na tarde de ontem (29) o SIMTETAXI-SP foi surpreendido com a notícia de que a UBER estava fazendo uma campanha pela internet pedindo aos seus motoristas e usuários para pressionar os vereadores de São Paulo a votarem contra o projeto de lei 349/2014.
Ciente disso o vereador Adilson Amadeu conseguiu antecipar a votação para a tarde desta terça-feira, (30) os taxistas foram convocados pelo presidente do SIMTETAXI-SP, Ceará e centenas deles se dirigiram para o Viaduto Jacareí. Quando já não podiam mais subir para o plenário se concentraram de frente ao prédio da casa legislativa e acompanharam a votação. 
A aprovação dessa lei desfere um duro golpe no aplicativo UBER que atua na clande…

A UBER pode ser "legal" mas continuará sendo imoral

Imagem
#Carlos Laia
O Estado brasileiro precisa deixar de ser omisso
Na quinta-feira (18/07) o SIMTETAXI-SP e vários outros sindicatos e associações que representam os taxistas de todo Brasil, estiveram em Brasília para uma Audiência Pública na Câmara dos Deputados, audiência requerida pelo Deputado Paraná Alfredo Kaefer (PSDB) junto a Comissão de Aviação e Transportes para discutir a atuação da UBER no Brasil.

Entre os debatedores do assunto foi convidado a  InternetLab, empresa de pesquisa em direito e tecnologia. O Professor de Direito Econômico da Universidade São Judas, Pedro Paula, que falou em nome da empresa de pesquisa apresentou um estudo sobre a evolução e regulamentação do transporte público em São Paulo.

Deputado Kaefer defende taxistas durante debate sobre legalidade do aplicativo Uber

Imagem
Autor do requerimento de realização da audiência pública na Comissão de Viação e Transportes o deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR) defendeu a normatização e regulamentação do aplicativo de transporte Uber, que conecta motoristas e passageiros. 
Taxistas acusam o serviço de ser ilegal, por ainda não ter regulamentação e pela “concorrência desleal”. Kaefer concorda com os taxistas.“Osmotoristas de táxi afirmam que o serviço oferecido pelo aplicativo é ilegal porque é realizado sem atender às exigências legais e sem a aquisição da permissão municipal”, disse o tucano.
De acordo com o parlamentar, o tema tem gerado intenso debate jurídico e na sociedade e o aplicativo passa por cima do poder público.  “A lei 12.587/12, que estabelece caber ao poder público outorgar o direito à exploração da atividade”. O tucano apontou que cerca de 80 mil taxistas cadastrados no Departamento de Transporte Público estão sendo afetados.

SIMTETAXI-SP realizou assembleia em Caieiras

Imagem
Neste sábado (13/06) o SIMTETAXI-SP realizou na cidade de Caieiras (SP) uma Assembleia Geral Ordinária, a sessão que aconteceu na Câmara dos Vereadores foi presidida pelo presidente do SIMTETAXI-SP Antônio Matias, o Ceará. Em seguida foi realizada uma reunião de trabalho que contou com a presença do Vice-Prefeito Gersinho, Vereador Dr. Panelli, Diana Assessora do Diretor do COTRAN e o Assessor do Vereador Paulão.Assembleia em Caieiras

Na pauta estavam demandas antigas dos taxistas da cidade, mas que não tinham até então um canal com as autoridades municipais, a chegada do SIMTETAXI-SP abriu o diálogo com o poder executivo e legislativo que já aprovou uma lei municipal instituindo o dia 25 de julho como o dia do taxista na cidade.

De terno e gravata, taxista investe em serviço VIP para fidelizar clientes

Imagem
Em Curitiba, táxi toca música instrumental, e passageiro ganha lembrança. Atendimento de qualidade faz com que taxista ganhe até R$ 60 em gorjeta.




Um carro confortável, balas, revistas, música instrumental, limpeza impecável e um motorista em traje social. Quem entra no táxi de Cesar Bueno, de 61 anos, percebe imediatamente que a viagem terá um toque refinado – com direito a lembrança do final da corrida. Na profissão há 33 anos, ele decidiu investir na qualidade do atendimento para se diferenciar no mercado e assim fidelizar clientes.

A iniciativa, que deu o caráter VIP ao serviço, visava apenas cativar os passageiros, porém se demonstrou um mecanismo para aumentar a renda. “Eu tenho um gasto por mês de R$ 150, no máximo, com essas coisinhas. Por dia de trabalho, por eu trabalhar desta forma, eu ganho de R$ 50 a R$ 60 em gorjeta. Se eu não faço esse atendimento, eu não ganho esse dinheiro”, contou Bueno.

Oito motivos para sair de táxi no fim de semana

Imagem
Vai para a balada e está em dúvida entre o táxi e o carro?

Fim de semana combina com bar, balada, restaurante, amigos, paqueras e risadas que não acabam mais. Que tal deixar o carro em casa para aproveitar melhor todos esses momentos? O trânsito exige atenção total e têm dias que tudo o que a gente quer é relaxar e aproveitar a companhia – e por que não as bebidas?
Já que a mulher que dirige bonito está cansada de saber que direção e álcool não combinam (nem um golinho, viu?), separamos uma lista de bons motivos para você curtir o seu fim de semana com tranquilidade, responsabilidade e de táxi.

Franciasco, o Núncio e o Tirano

Imagem
Armando Valladares(*)


Em um dos mais significativos lances simbólicos da “ostpolitik” vaticana em favor do comunismo cubano, o pontífice Francisco recebeu o tirano Raúl Castro e, em meio a sorrisos e amabilidades mútuas, estreitou largamente suas mãos ensanguentadas, chegando a pedir ao líder comunista que rezasse por ele. É uma cena arrepiante e estarrecedora, diante de Deus e da História, marcará de maneira indelével o atual pontificado.

“Como já lhes disse aos dirigentes cubanos, eu leio todos os discursos do Papa e sobretudo os comentários que ele faz. E se o Papa segue falando assim, começarei a rezar e retornarei à Igreja. E não o digo em brincadeira (Página 12, Buenos Aires, 11/05/2015). Foram estas as frases pronunciadas pelo ditador que mais chamaram a atenção.

Deputada Renata Abreu quer proibir aplicativo que prejudica taxistas

Imagem
A deputada federal Renata Abreu protocolou projeto de lei para a proibição da prestação de transporte público individual remunerado que não atenda as características do veículo e do condutor exigidas pelas autoridades de Trânsito. O projeto objetiva proibir o uso de aplicativo do ‘carona paga’, que, sem cadastro, licença e regularmente credenciado em órgão públicos, já afetou 40% do mercado dos taxistas nas principais capitais do Brasil.

Um deles é o Uber, aplicativo lançado há cinco anos nos Estados Unidos e que chegou ao Brasil em maio de 2014. E, desde então, vem criando polêmica e protestos de taxistas. O mesmo aconteceu em Paris, Berlim, Londres e mais de 150 cidades de 42 países onde o aplicativo tem sido usado. O usuário se cadastra no aplicativo e informa dados de cartão de crédito ou de uma conta PayPal, as únicas formas de pagamento aceitas pelo serviço. Depois, diz onde está e pede um veículo.

SIMTETAXI-SP cria comissão "chega de Enrolação"

Imagem
Por Carlos Laia



Na quarta-feira (27/05) durante a Comissão de Transportes da Câmara Municipal de São Paulo, o vereador Ricardo Youang aconselhou os taxistas de frotas, segundo motorista e co-proprietarios a procurarem o sindicato que os representa para se organizarem. Assim fizeram cerca de cinquenta taxista que saíram direto da Câmara em direção ao SIMTETAXI-SP. Lá chegando pediram uma reunião com o presidente do Antônio Matias, o Ceará, que prontamente os receberam. 
Na conversa amistosa os taxistas expuseram ao presidente o impasse e o descaso com que o Departamento de Transportes Público trata a questão da necessidade de novos alvarás de táxi na cidade, por sua vez Ceará já conhecedor da situação relatou o teor da conversa que naquela manhã havia tido com o diretor do DTP, Daniel Teles, que se mostra irredutível ao dialogo.

O falso líder e a falça liderança

Imagem
Carlos Laia 
São inúmeras as considerações que podemos fazer a propósito da liderança de um grupo no campo prático.  



Uma vez determinado a razão da união de pessoas formando uma força de ideias, para que essas ideias se transformem em uma ação concreta temos de ter um grupo de pessoas com posições convergentes podendo vim a constituir uma entidade juridicamente reconhecida, ou podem também iniciar e encerrar suas atividades tendo a tingido seu objetivo, parcialmente ou na totalidade das suas metas.

Por uma necessidade da alma humana o homem tem a necessidade de ter um líder, um espelho que o guie pelo reflexo de sua ação e exemplos, seja pelo exemplo moral ou pela ação enérgica e apaixonado com a qual defende suas ideias e as passa para os demais. Principalmente quando essas ideias tem bases sólidas em princípios e valores que os fundamente.